Resenha – Livro Marianas

tumblr_m0a0p9fb1l1rqpmy9o1_500

Ficha Técnica:

Titulo: Marianas: a civilização dos sonhos

Editor Responsavel: Alex Giostri

Editor Assistente: Fábio Costa

Capa: Karolyna Papoy

Diagramação: Angela Leão

Autor: E. Cherri Filho

ISBN: 978-85-8108-551-7

Giostri Editora

marianas2ba2bciviliza25c325a725c325a3o2bdos2bsonhos

 

Fofo e Criativo!

O livro conta a estória e aventura de Jeremy, um cientista que acredita em uma civilização perfeita nos mares. Durante suas buscas pelos seres que tanto estudou nas Ilhas de Marianas, ele dentro de seu submarino vê algo e num ato de impulso sai com roupa de mergulho para averiguar. A pressão das águas faz com que ele desmaie e Licia, uma sereia ariata azul salva a vida de Jeremy e o leva para sua cidade escondido.

Dentro de um local seguro para sua condição humana, Jeremy se vê diante de tudo que sempre sonhou conhecer. O afeto dele por Licia é maior do que apenas gratidão, nasce um amor verdadeiro entre os dois. Os ariatas azuis permitem que Jeremy viva entre eles, abandonando a terra de vez e indo morar em locais criados para ele e sua condição. O amor entre Jeremy e Licia é cada vez mais obvio para todos. Um romance entre especieis diferentes daria certo?

Os ariatas azuis são conhecidos por sua generosidade, amor, carinho e por terem um ambiente de paz entre eles. São conhecidos por sua fragilidade, nunca entram em guerras ou matam outros seres não importando as circunstancias.

De um outro lado do mar vive Zorguin, um verme vermelho, ambicioso e apaixonado por Licia. Os vermes são seres dominadores, egoístas e com sede de poder. Se acham superiores aos azuis. Zorguin é o líder dos vermes, e nutre um inveja pelo irmão de Licia e um sede de dominar todas as espécies do mar. Ao ver uma oportunidade, Zorguin ataca os ariatas azuis. Iniciando assim uma guerra incrível e emocionante, com um final espetacular.

Eu procurei você por toda uma vida.

Capa e Diagramação

A capa do livro é muito linda. Ela mostra o fundo do mar com sombras de criaturas metade humanas e metade peixes, com o titulo todo em branco na parte mais escura do “mar”, ele realçou o titulo e deixou tudo harmonioso. A parte traseira da capa é uma continuação da frente, porém ela só mostra o fundo do mar e a sinopse do livro. Ficou dentro do contexto do livro e realmente bonita.

A diagramação do livro foi bem simples. Os capítulos começam com seu numero na parte superior, e foram usados asteriscos (*) para a separação de partes da estória. Mas esse livro me fez ter uma experiencia um quanto diferente. Ele não possui numeração das paginas. Sinceramente eu gostei disso. Pude ler sem ficar me preocupando de que páginas estava e se o livro estava acabado. Foi uma experiencia estranha no começo, mas bem legal depois. Pude me concentrar totalmente no livro, e não em numeração de paginas.

Desde o primeiro momento em que olhou para mim, tive a certeza de que não poderia viver sem a sua presença.

Gramatica e Linguagem

Durante a leitura notei alguns erros de gramatica e digitação. Mas não foi nada muito grave, não atrapalhou em nada a leitura. Então nem vou ficar me estendendo no assunto.

O livro é contado em 3º pessoa, uma visão de fora que abrangia todos os lados de tudo. Gostei bastante. No caso desse livro, se fosse escrito em 1º pessoa perderíamos muito do que estava acontecendo com outros personagens, então o autor acertou em cheio na escolha. A linguagem ficou num meio termo de formal/ informal. Não ouve uso de gírias nem palavras de baixo calão. A leitura flui fácil, não foram usadas palavras difíceis. Tudo bem dentro de um limite, um meio termo como já falei.

Personagens

Licia – Uma jovem carismática e forte. Tem opinião própria, faz o que acha certo. Daria a vida por alguém que ama, e em todo momento é verdadeira e corajosa.

Jeremy – O modo como ele tratou os ariatas que o receberam me mostrou que ele é uma pessoa de convívio social fácil. Fez amizades rápidos, e se tornou querido por todos. Entende e aceita as escolhas dos outros, coisa que as vezes não foi fácil para ele.

Gléssios – Ele é o irmão de Licia, e um dos lideres dos ariatas. Foi o personagem que eu mais gostei. Ele é o exemplo de como um líder deve ser. A inteligencia na hora dos combates, o modo como defendia seus parceiros, como protegia a irmã e como lutou para salvar seu povo fez dele um herói para mim. Queria que ele tivesse encontrado alguém para amar e ter com ele, assim como sua irmã encontrou alguém. Mas o final me deu esperanças. Espero ver esse personagem novamente.

Há no livro vários outros personagens que foram essenciais para o desenrolar de tudo, mas vou citar apenas esses três que foram os que mais gostei.

Observações Gerais Sobre o Livro

Se você ama uma boa estória, deve ler este livro. Vocês podem rir, mas eu realmente acredito em um civilização dos sonhos. Talvez sereias e tritões não tão bonitos ou inteligentes, mas acredito em Atlantida e em uma outra especie. Sempre tive paixão por sereias, então esse livro foi um presente para mim. O livro ainda tem uma pitada de mitologia grega, quando o narrador explica quem era Hades. O livro é diferente de tudo que já li e pesquisei sobre o assunto. Mas um diferente BOM. Um diferente OTIMO alias. Eu me apaixonei pela estória e me vi dentro da estória, no fundo do mar junto com Jeremy e os ariatas. A criatividade do autor merece nota 10! Foi um livro incrivel e fiquei muito feliz por ter tido a oportunidade de ler.

tumblr_mfh6yqqevb1renapyo1_500

Ela o salvou de todas as formas que se pode salvar alguém.

Obrigado Chérri, por ter criado um mundo tão lindo. Espero que venham outros livros da saga das sereias. Eu iria adorar conhecer novos personagens ou saber o que houve depois desse livro com os personagens que já conheço. Muito obrigada pela oportunidade ❤

  • Redes sociais do autor: Facebook / Instagram
  • Aonde comprar: CLIQUE AQUI. / Ou entre em contato com o autor pelo Facebook.
  • Em casos de dúvida deixe seu comentario ou mande um email: taisfranciele21@gmail.com

 

Anúncios

8 comentários sobre “Resenha – Livro Marianas

  1. Pingback: Livros que li em Maio | Inside the Books

  2. Pingback: Tag 50% – 2016 | Inside the Books

  3. Pingback: Livros que li em 2016 | Inside The Books

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s