[Resenha] Pensei que fosse verdade

Oi amores, tudo bem?! O post de hoje é a resenha desse livro que recebi em parceria com o ig @reinodasletras e @joanaflorlivraria. Sigam o ig delas, vale super a pena. 😉  Sem mais enrolação, vamos logo a resenha.
photo_20161003_221316-1

Gwen é uma jovem comum que vive em uma ilha de Seashell. Ela leva uma vida monótona e rotineira aonde ajuda o pai no trabalho e cuida do irmão especial. Cansada de viver em um local pequeno aonde todos conhecem todos, o sonho dela é sair da ilha. Mas esse parece ser um sonho cada vez mais distante já que a sua família é humilde.

Como se não bastasse a rotina, Gwen é constantemente “zoada” pelo cara mais popular do colégio por escolhas erradas que ela fez no passado. Mesmo contra sua vontade ela sente uma pontinha de inveja de Viv e Nic (seu primo) que são namorados desde sempre e parecem ser o casal perfeito.

Viv já tem toda a sua vida planejada. Sabe que irá assumir o negocio do padastro e nunca sair da ilha. Já Nic sonha em entrar para a Guarda Costeira e sair da ilha.

Após aceitar um trabalho de cuidadora de uma idosa, Gwen acaba ficando cada dia mais próxima de Cass. Um cara super lindo, educado, humilde e que já a magoou muito no passado. Ele por algum motivo insiste em ficar próximo dela e os dois se envolvem cada vez mais e mais.

Muita confusão, perguntas e escolhas difíceis marcam a trajetória dessa turma. Um romance leve, aventuras e dramas adolescentes. Cada um deve escrever seu futuro, mas para isso será preciso esquecer e superar o passado. Será que estão prontos para isso?

barrinhadivisoria2

Diagramação, Capa e Gramatica

photo_20161003_222549Eu simplesmente adorei a capa. A foto do casal traz exatamente a proposta do livro: um romance. Não notei nenhum erro de gramatica ou digitação, palmas para o editor e revisor. haha’ Sobre a diagramação tenho pouco o que falar. Foi bem simples, com um espaçamento bom e ótima divisão dos capítulos.

barrinhadivisoria2

Observações Gerais sobre o Livro

 

Bom, aqui é a parte da resenha que eu finalmente desabafo e dou minha opinião certo?! Então vamos lá. Esse livro foi uma decepção. Eu estava super animada porque no começo o romance parecia que iria ser incrível. Mas foi super clichê. A personagem principal não me agradou em nada. Até a metade do livro estava dando pra engolir, mas acontecem coisas no fim que me deixou tipo: WHAT?! SERIO?! Não, não foi um final ótimo. O choque foi extamente o contrário. O final do livro foi horrível. A autora meio que se perdeu no “andar da caroça” como dizemos aqui em Minas. A personagem principal que narrava a história virou uma personagem secundária e toda a trama foi sobre o relacionamento de outras pessoas. A Gwen só serviu para me irritar e contar a história. Não vou me estender muito porque não quero ofender quem gostou do livro por ai. A autora é super elogiada e vou ler alguma outra obra dela pra formar uma opinião. A escrita é boa e te prende. Isso é nítido desde o começo. Mas o enredo ficou parecendo que ela sentou e foi escrevendo. Sem pensar direito no arco dos personagens e nem em como ligar as histórias. Minha revolta e decepção foi tanta que demorei TRÊS DIAS para escrever essa resenha, por tanto me desculpem se tiver ficado ruim, realmente me esforcei ao máximo. (Juro) Chega de falar Fran, vamos a nota.

photo_20161003_222329Nota: Se você já leu outra resenha minha em parceria com a Jéssica, sabe que uso alguns critérios para avaliar e formar a nota. Então vamos lá. A história realmente nos prende até a metade do livro. A leitura é super fluida. A autora escreve bem, usando palavras de fácil compreensão e sem gírias locais. O contexto e o fim (principalmente) da história deixou muito a desejar. O livro fica o tempo todo fazendo um mistério para você descobrir o passado de uma personagem e no fim, não era nada. Havia coisas que poderiam ter sido exploradas. Por exemplo o irmão de Gwen que era sempre descrito como alguém que precisava de cuidados, uma criança especial mas não contou a história dele. A personalidade dos personagens também deixou a desejar. Não teve nenhum personagem marcante na história. Tudo muito morno. Sobre o final, não vou falar de novo. Foi horrível. Infelizmente a nota foi 2,0.

barrinhadivisoria2Bom meus amores, foi isso. Foi o primeiro livro que li esse ano e não gostei. Mas se você quiser se arriscar, fique a vontade. Nem tudo são flores não é mesmo? Eu precisava ser sincera sobre o que achei. Espero que os próximos livros me surpreendam de um modo bom. E você, já leu? O que achou? Deixe seu comentário, é muito importante para mim. Beijinhos doces. ❤

CYMERA_20150601_225646

 

Texto e fotos autorais. A cópia total ou parcial sem autorização prévia é plagio, portanto um crime.  Resenhado por Franciele Sparks

 

 

 

 

Anúncios

5 comentários sobre “[Resenha] Pensei que fosse verdade

  1. Pingback: Livros que li em 2016 | Inside The Books

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s