13 reasons why

Bom, eu assisti a essa série logo que foi lançada. Quem lembra e me segue desde o começo do blog sabe que “13 reasons why” foi um dos primeiros livros resenhados por aqui. Se ainda não viu, o link está logo (AQUI).

Resultado de imagem para hannah bakerEntão, eu demorei pra falar dessa série não por o blog estar desativado. Eu demorei porque a série mexeu comigo de um jeito imaginável. Eu precisava falar sobre ela, mas não sabia COMO falar. Ainda não sei, mas prometo tentar.

Quem leu o livro sabe que Clay recebe 7 fitas, 13 gravações. São 13 motivos de porque Hannah Baker se suicidou. Quando falaram que iria ser uma série, e produzida com a ajuda de Selena Gomez eu torci o nariz e imaginei que não iria dar certo nem de longe. “Vão mudar tudo, vai ficar horrível“. Foi meu pensamento. Bom, eu estava errada caros leitores. 

Continuar lendo

Anúncios

Tbr – Agosto

Oi meus amores, estava com tanta saudade daqui vocês não tem ideia. Resolvi reativar o blog e o primeiro post vai ser sobre os livros e séries que eu pretendo ler/assistir.

Tenho que admitir que está sendo realmente difícil eu pegar algo pra ler, a vontade de atualizar todas as séries na Netflix me consome. 😂

Então chega de enrolação e vamos lá. Lembrando que é só uma leve noção dos livros que quero ler, a vontade muda conforme meu humor também. Haha

barra7

Livros: 
  • A Guerra dos Tronos – Crônicas de Gelo e Fogo. 

Esse livro eu coloquei na lista porque me desafiei a reler todos os livros da série ainda esse ano. Pretendo ler um por mês. Parece impossível, eu sei. Mas é a minha série preferida da vida então eu sempre acabo lendo rápido depois que pego o ritmo. Eu já estou na página 100 dele.  Continuar lendo

Reciprocidade inexistente 

Olhei pela terceira vez no relógio. Já me encontrava no meio da madrugada parada olhando para uma parede fria que me dava cada vez mais a sensação de solidão. Dessa vez não consegui mais me segurar e senti lágrimas quentes descendo pelo meu rosto.
Segurava o celular com uma força desnecessária, minha mão já chegava a doer. Mas eu estava paralisada. Saber que você não sentia minha falta tanto quanto eu sentia a sua me machucava demais.

Continuar lendo

“Porque choras, linda menina?” 

Ainda não obtive uma resposta. Choro por nada. Choro por tudo. Choro por tudo ser nada. Choro por esse nada ser um enorme vazio dentro de mim que ninguém consegue curar. Choro ao me ver no espelho e perceber que TUDO ainda não é nada. 


” Mas que garota confusa tu és, porque não busca ajuda?”

Confusa eu? Porque acharia isso? Minha dor é igual a de uma imensidão de pessoas. As lágrimas vêem junto com sorrisos, ora falso ora real. Minha fome é de carinho. Abraços quentes e perguntas sobre como estou hoje. Tenho carência de olhos nos olhos e afirmações de que tudo irá ficar bem.
Sinto que não irá. Nada vai melhorar.
A confusão faz parte do meu ser. Uma criatura louca que grita por socorro em um imenso silêncio combinado com: Ta tudo bem. 
Texto por: Fran Sparks 

Tbr – Carnatona

Hey pessoas, sei que esse post deveria ter saido bem antes mas a minha rotina louca está me consumindo. Bom, com o feriadão chegando ai resolvi que iria fazer maratona. E não,  não serão apenas livros porque eu realmente não consigo ficar mais de 5 horas seguidas lendo. Resolvi colocar séries e livros na minha lista, que foi bem pé no chão devo avisar. Vamos lá:

Livros

  1. A Garota do Calendário – Março
  2. O Príncipe dos Canalhas
  3. A Garota do Calendário-  Abril
  4. Não Pare!

Continuar lendo

Padrões da Sociedade 

Fui no clube no domingo passado e uma cena que vi me tocou muito. Eu além de me identificar com a garota, quis poder fazer algo, mas sei que a única pessoa que podia salva-la era ela mesma. A história é a seguinte.

O clube estava vazio quando cheguei, poucas pessoas, no máximo 6. Passada algumas horas chegam várias crianças que eram supervisionadas por quatro adultos. Eram uns 6 garotos e 2 garotas. O meu foco aqui, é em uma dessas meninas. Respira fundo e vamos lá.

Todos se trocaram e foram para a piscina o que é de se esperar, obvio. Mas de longe notei que a garota, que vou apelidar carinhosamente de D, apesar de estar com o biquíni por baixo continuou vestida e sentada longe da piscina. Como mulher eu logo pensei, ela deve estar menstruada, tadinha. (Era uma garota de uns 13/14 anos)

Após algum tempo, notei que os amiguinhos dela aos poucos iam se revezando pra sair da piscina e tentar convence-la a entrar na água. Medo talvez? Mas a piscina não era funda. Continuei observando. Após horas, sim, horas, notei que um dos adultos foi conversar com ela. Não me contive e ouvi a conversa. O problema da garota não era menstruação e nem medo da água.

Ela não queria ficar de biquíni porque se achava gorda.

wp-1487635987840.jpg

Continuar lendo