[Janeiro] Livros e Séries

Hey pessoas, o post de hoje é aquele velho conhecido aqui do blog. Vim mostrar para vocês os livros que li em janeiro, e já adianto que infelizmente foram poucos. O motivo de ter lido tão pouco foi algumas séries na netflix que resolvi trazer também por aqui. A maioria das séries eu comecei em dezembro e terminei em janeiro, mas no mês que vem irei trazer só as de fevereiro ok?! ok. Bora lá…

1 – The Kiss of Deception

screenshot_2017-01-15-21-08-19-1.pngEsse foi o primeiro livro que terminei em Janeiro e grande parte dele eu li no finalzinho de dezembro. Como já tem resenha por aqui, não vou me estender muito. Foi sem duvidas uma ótima leitura apesar do começo ser bem lento. Da metade para o final do livro a autora te ganha por inteiro e o final foi lindo. Diferente do que eu esperava ele não é um romance clichê, as cenas de romance são bem poucas na verdade. Estou ansiosa para poder ler a continuação desse livro. *-* Continuar lendo

Livros que li em 2016

Hey amores, tudo bem? Hoje aproveitando o primeiro dia do mês e vim mostrar para vocês todos os títulos que li ano passado. Infelizmente não bati minha meta que era 50 livros mas foi quase, então já fiquei feliz. Também não vou entrar em detalhes sobre cada livro porque a maioria tem resenha aqui no blog ou eu já comentei no ig. Alias, se ainda não me segue lá no instagram corre la que to sempre postando tudinho por lá: @insidethe_books.

Agora chega de enrolação e vamos a lista. Lembrando que os livros que tem resenha aqui, para ver a resenha é só clicar no titulo ok?! ok. Let’s go!

barra7

Continuar lendo

Eu me possuo

A resenha de hoje é um livro que recebi em pdf da parceira Stella Florence. A autora nacional tem 10 livros e entre eles esse que li e vim comentar com vocês. Mesmo sendo um livro com o tema bem pesado e sério, ela conseguiu me fazer ler o livro em um dia. Simplesmente não consegui parar e devo dizer, preparem os lenços, é extremamente tocante.

16158187

Sinopse: “O fato de eu ter me sentido atraída por você, ter ido a sua casa, ter desejado transar com você, não significa que você poderia me violentar. Desejar um homem não é o mesmo que desejar ser estuprada por ele. Você disse que tem ido ao meu bar a m de se desculpar por alguma má impressão que tenha deixado em mim. Você não deixou uma má impressão, Gustavo. Você cometeu um crime. Talvez agora você me pergunte por que eu não te denunciei já que você é um criminoso. Naquela noite, eu dei um nó no meu vestido para disfarçar o rasgo que você fez e me limpei como pude no elevador. Fiquei perambulando pela rua meio tonta, depois entrei num táxi e fui para casa da minha avó. Fui direto para o chuveiro limpar aquilo de mim. Me senti suja, me senti culpada, me senti inferior, me senti até ruim de cama: carreguei por muito tempo acusações que serviam para você, não para mim. Minha falta de experiência me fez acreditar que a culpa era minha, que eu apertei algum botão maldito em você e que talvez sexo fosse aquele horror mesmo. Por isso eu me mantive em silêncio. Mas meu corpo gritava!” Continuar lendo

Livro X Filme: Simplesmente Acontece

Oi oi gente, tudo bem?

O post de hoje é sobre as diferenças entre o filme e o livro Simplesmente Acontece. Apesar de ter lido e amado, não resenhei ele aqui. São apenas minhas opiniões, se você concorda ou discorda de mim, comente ai embaixo. Vai ser um prazer conversar com voces sobre isso. Vamos la?!

Você sempre teve a mim. E eu sempre tive você. Agora você tem ela e eu não tenho ninguém.

simplesmente2bacontece

Continuar lendo